6.28.2008

"A propósito"
passa a "Já agora..."


Recebido em: vianadoalentejo@hotmail.com

24 comentários:

peixebanana disse...

Senhor presidente obrigado por finalmente nos transmitir informação e ainda por cima pela positiva.

Tenho notato alguma falta de informação positiva em algumas coisas e como gostava de arrumar o meu pensamento que ás vezes fica confundido "a propósito" de varias questões, "já agora" deixo-lhe aqui uns temas para desenvolver.

- pavilhão em aguiar (se é verdade, e a sua localização)
- pré escola nova em viana?
- como serão as linhas gerais do novo PDM
- O penetra vai mesmo ser o novo candidato?
- o que achou da equipa maravilha que o acessorou durante este mandato?
- continua a ser comunista?

vou ser leitor assiduo

Anónimo disse...

Fazendo uso do conhecido Dicionário Prático e Interpretativo Políticomunicipalês-Português tentei a tradução, para língua corrente, do texto “Já agora”. A tarefa foi-me sobremaneira dificultada porque, sendo já de si um dialecto difícil, está esta peça escrita na sua versão mais primitiva, o chamado “baixo-políticomunicipalês”. A tradução do título não oferece porém grandes problemas, pois é sabido que “Já agora” significa, em bom português, “Por enquanto...”.
Os três primeiros parágrafos também não apresentam grande dificuldade no translado. Assim, no primeiro, quer-se apenas dizer: “a verdade é que eu pouco mais tinha para dar de fazer ao Diamantino, que justificasse o seu chorudo ordenado, do que escrever esta xaropada”. No segundo é admissível a sua tradução por “as novas realidades já não são compatíveis com a presença de controleiros “empatas”, pelo que lhe dei um chuto no traseiro e o mandei ir pregar para outra freguesia”. No terceiro e último parágrafo deverá ler-se “cada vez tenho menos confiança na cambada que me cerca, pelo que o melhor é ser eu próprio a passar a escrever estas coisas, não vá o diabo tecê-las…”
Chegamos por fim ao último bloco do texto, aquele em que o escritor pretende, finalmente, passar a sua mensagem. Aqui sim a tradução revela-se muito difícil, diria mesmo quase impossível. Primam estas três derradeiras frases por uma aparente e tortuosa falta de nexo, num estilo inconfundível, muito cultivado pelo seu autor e já abundantemente verificado noutras situações, mesmo nas de natureza epigráfica. Mas ainda assim ensaiemos a sua translação. De uma forma muito geral o que se pretende dizer é “até agora quem escrevia isto fazia-o de forma a vocês não perceberem nada. Mas comigo vai ser diferente, vou usar este espaço para vos passar informações preciosas sobre a vida da Câmara Municipal. E para verem que não vos estou a mentir, lá vai a primeira: desejo-vos boas férias!”

Cesário Verde de Viana

Anónimo disse...

Uff! Finalmente o Cesário Verde de Viana, depois de elaborado estudo de significação do texto (semântica), lá conseguiu interpretar, quase na sua totalidade o “Já agora..”, escrito sob a leve pena do Presidente Estêvão Pereira. Sem esse auxílio precioso estava prestes a desistir de escrever estas linhas e ir dormir a sesta.
Assim, relativamente à primeira parte descodificada, o Sr. Presidente prestes a concluir o seu quarto mandato ao serviço dos trabalhadores, num gesto sem precedentes, acaba por ficar com uma nódoa no seu brilhante curriculum, pois com esta decisão contribui também para engrossar ainda mais a lista de desemprego, que é justamente o maior flagelo nacional.
Penso que as estruturas sindicais poderão organizar uma manifestação contra o governo reaccionário da autarquia que coagiu um honesto trabalhador a assinar “voluntariamente” um documento em que o desamparado assessor pede a sua demissão.
Quem precisa do pão para a boca não se demite espontaneamente do seu trabalho, mais a mais, todos sabemos que a partir de determinada idade é quase impossível arranjar novo empregador. A menos que exista justa causa, nenhuma Entidade empregadora pode eternamente pagar salário a trabalhador absentista, sejamos também honestos.
Dizem as más-línguas que o ……tapa essa boca Manel, também foi convidado a pôr o seu lugar à disposição do Sr. Presidente. Alguém me pode dar uma ajuda?
Relativamente à última parte descodificada do texto, vamos ser um pouco mais tolerantes, a malta está cheia de calor, uns vão e outros não vão gozar as férias, mas há uns que mesmo face à crise, lá conseguem ir para destinos tropicais mesmo com a elevada taxa de combustível cobrada pelas companhias aéreas.
Dizem que a …. , cala-te mais uma vez Manel se não mordes a tua própria língua, mesmo com os magros salários auferidos na Câmara consegue fazer o milagre da multiplicação do dinheirinho. Não tenhamos dúvidas, o dinheiro para uns é macho e para outros é fêmea a parir trigémeos.

Manuel Azeda

Anónimo disse...

Peixe banana

As cinco regras do Estalinismo:

1.. Não penses
2.. Se pensares, não digas
3.. Se disseres o que pensas, não escrevas
4.. Se pensas, dizes e escreves, não assines
5.. Se pensas, dizes, escreves e assinas, não te surpreendas

Anónimo disse...

ora ora... mas se aquilo que o Sr presidente vai fazer é compilar informação,para os trabalhadores da câmara (a quem agora chama colegas, armando-se em igual???? ) este espaço pode chamar-se "EM RESUMO".
E, A propósito, já agora, diga-nos... em resumo, que promessas eleitorais pensa cumprir??
Vai-se embora o Sr. Diamantino Dias? Nem sei como vai evoluir agora este concelho sem essa pérola da acessoría...! eu diria que já vai tarde se não me aflorasse uma péssima duvida: e quem se perfila para o lugar????
è que naquela Câmara cada vez que se muda é sempre para pior!!!! Já pensaram nisso???? aceitam-se sugestões....

Anónimo disse...

Oh Fadista, quem é afinal este peixe banana que tem a lata e o descaramento de vir práqui com perguntas destas, á laia de interrogatório.
Então não sabes que este tipo tem um blogue lá na Aguiar e que de vez enquando vai dando umas ferroadas na gente?
Sabia que há um blogue com esse nome lá na tua terra e tal como os outros, vai na volta, vão dando umas informações à população que a gente não pode permitir.
Longe vão os belos tempos, quando a gente corria com os fascistas do PS e do PSD à pedrada, mas agora nem isso podemos fazer, pois o inimigo também já está infiltrado nas nossas hostes - mal-agradecidos!
Primeiro pergunta-me se vai haver pavilhão em Aguiar e onde é que vai ser construído.
É claro que não vou responder a provocações, era o que faltava.
Como sabes Fadista, o pavilhão a ser construído, terá que ficar num sítio que se veja. É pena o largo da Igreja ser pequeno para albergar esta obra, pois seria o sítio ideal.
Deixa lá isso agora Estêvão.
Não lês, o estupor inquire com o ar mais inocente desta vida, se vai haver uma pré-escola nova em Viana. Toma, toma, um manguito ó peixinho de água doce.
E esta do PDM, o desavergonhado, com escrita escorregadia questiona “como serão as linhas do PDM”. Como a gente quiser seu …. . Fala baixo Estêvão, que o pessoal da Câmara ouve-te aos berros e começa a pensar que nós também andamos desavindos. Fadista, tem calma e bola baixa, senão voltas para a empresa de onde vieste e acaba-se o descanso e vida boa.
Ai Ai Ai vê a lata deste tipo O Penetra vai mesmo ser o candidato – SÓ POR CIMA DO MEU CADÁVER É QUE ESSE FEDELHO ME VAI PASSAR A PERNA. Cresça e apareça!
Bota-te tranquilo Estêvão, não te exaltes que vai passando um carro junto ao tanque da barca e as pessoas começam a olhar para trás com o barulho que tu fazes.
Então e esta da equipa maravilha – que lata . Tá a falar daquele ortodoxo comunista do Diamantino. Se calhar quer vir para cá assessorar-me. Que grande burgesso me saiu este banana, oh Fadista.
E esta pergunta ultrapassa a pouca paciência que vou tendo - Continua a ser comunista? Agarra-me Fadista se não eu vou à pilha do gajo e esfolo-o.
Estou farto dos fulanos da concelhia andarem sempre a fazerem-me a mesma pergunta, só faltava mais este.
Tenho que voltar novamente a dizer a estes ingratos do PCP, que tenho levado ao colo ao longo de quatro mandatos, e a este rapazola do peixe banana que SOU DA CDU VIANA, S.A.

Objectiva indiscreta

Anónimo disse...

Quero aqui afirmar, sou de Viana e sou militante do Partido Socialista, conheci o Sr. Diamantino Dias já lá vão uns 15 anos, foi sempre uma pessoa integra, integrou-se bem na nossa terra e se o actual Presidente fez o que fez deve a duas pessoas uma ao seu pai e a outro o Sr. Diamantino este mostrou e mostra ser uma pessoa bem formada e muito bem relacionada. No entanto ainda não percebi a verdadeira dimensão para o homem se ir embora. Penso no entanto que ele não quiz assistir mais a este espectaculo de regabofe em que a nossa Câmara est´~a hoje metida, com espectaculos a serem investigados pel PJ, falta de ligação ás pessoas, esboche de outras coisas a sua seriedade não estava para isso. Quero sinceramente dizer ao Sr. Diamantino Dias que o continuo a admirar muito e tem neste amigo sempre uma porta aberta.

Anónimo disse...

Tambem acho que o sr. diamantino se foi embora para nao assistir à nulidade do trabalho autarquico deste mandato.
Primeiro foi se embora o joão penetra, agora foi o diamantino, parece me que o barco esta a afundar.
O estevao esta a ser uma nulidade, parafraseando o professor marcelo rebelo de sousa ele é: "Um acto é nulo quando não produz nenhum dos efeitos que devia produzir ou produz outros mas negativos".
esta figura encaixa perfeitamente no presente mandato do edil Estevão Pereira.

Anónimo disse...

MAIS UMA DESCULPA ESFARRAPADA DO ESTEVÃO!!! QUE MEDIOCRIDADE MEUS AMIGOS...

Anónimo disse...

ja alguem sabe quem é que vai acessorar o estevao????

Anónimo disse...

Nunca se sabe, as paredes já não são de vidro, são de betão e com segurança à porta.
De qualquer forma posso-vos dizer que corre na vila que será alguém da área do imobiliário.

Anónimo disse...

Muito bem diálogos e monólogos reveladores de algumas verdades que têm tentado omitir nos... Normalmente quando se perde a calma e a noção de algumas coisas, a boca foge para algumas verdades, até então camufladas.
Diria que o desnorte e a falta de juízo de algumas cabeças começa a imperar de tal maneira, que à matérias que começam a ficar cada vez mais claras!
Tive a oportunidade recentemente de falar com o povo da nossa terra (das diferentes camadas sociais, aqui residentes) e o que têm para dizer sobre esta e outras matérias / situações que surgem a partir da sede do município, são avassaladoras e atrozes... Mas muito me apraz ter constado que as pessoas estão muito atentas e conscientes dos verdadeiros porquês e motivos !
Sendo certo que todos nós sabemos que: QUEM BRINCA COM O FOGO, NÃO SÓ FAZ CHICHI NA CAMA, COMO SE QUEIMA!
E já vai cheirando a esturro e tanto quando o povo vai sussurrando: algumas camas também já vão estar molhaditas...
Na vida não deve valer tudo, até porque: NEM SEMPRE OS MEIOS, JUSTIFICAM OS FINS e vice versa.
Mas ao que parece a loucura e o desespero instalou se e não só vale tudo, como até se perdem as posturas... Sim, porque às figuras públicas é recomendada alguma postura, de acordo com os cargos que desempenham e aos seus amigos e comparsas também...
Um dia certamente olharam para traz e com arrependimento ou sem ele, nada poderá ser alterado... POIS A HISTÓRIA ESCREVE-SE E FICA ESCRITA... Não é possivel voltar atraz e corrigi-la ou melhorá-la !

Cumprimentos

Anónimo disse...

Agarró!

Anónimo disse...

Não sei se são capazes disso...
A história já vai longa e está a ser escrita a tinta bem preta...
Não será fácil apagá-la e muito menos voltar atrás para ser reescrita!

Anónimo disse...

Existem duas formas de contar a história, uma é escreve-la a lápis e esta vai sendo actualizada, outra é escrevela a tinta. Pelos vistos aqui em Viana os responsaveis da Câmara e uma tal que veio do Seixal e uma outra que cá vive mas cujo passado nao se esquece ainda todos o recordamos bem, decidiram começar a escrever a história a tinta mas da china para não mais se apagar e lembrem-se a tinta da china ninguem apaga o que fica escrito é para sempre, essa forma ilustram sinais ditatoriais os quais são atagónicos aos principios da força politica desta gente.....

Anónimo disse...

este anónimo do PS (30.06.08) que conhece(u) tão bem o sr. Diamantino e que lhe deixa tantas saudasdes como amigo e admirador, gostava de lhe dizer como militante e desde sempre eleitor do PS, que estou apreensivo com o que escreveu. Espero que não faça parte da direcção concelhia do PS.
Já agora o que significa "porta aberta"?, espero que não signifique uma oferta para este controleiro do PCP. Retrate-se
Jorge

Anónimo disse...

Malta parece q o Sr.Presidente não está assim tão desnorteado como dizem, fala-se que foi buscar um dos empresários de sucesso do nosso concelho, homem que pelos vistos em tudo o que se mete dá cartas e no que respeita ao trabalho parece que nada lhe mete medo, se assim for Sr. presidente mesmo não gostando da maneira como gere o nosso concelho desta vez tenho que lhe tirar o chapéu.

Anónimo disse...

mas quem é esse acessor??? quem será o salvador da patria??? ou será que vai afundar mais o barco para o pantanal???

Anónimo disse...

empresário de sucesso acessor do Presidente de Câmara PCP/CDU???... é para rir.
Estão contra o pacote de medidas do novo Código de Trabalho, fazem manifestações de rua contra o dito e depois nas listas autárquicas aparecem ao lado dos empresários de sucesso/construtores civis/ exploradores do proletariado.
Esclareçam esta situação.
É o poder autárquico ao lado dos grandes empresários?
Jorge

Anónimo disse...

Mas vocês não virão já, que a coisa chegou ao circo e agora é normal que tudo o que vá acontecendo, seja uma charada !!!!

Vamos é ver o estado de sitio, que dai vai resultar... E nós que não temos nada com isso a vê-los a abotoarem se à nossa conta !

Mas depois da tempestade, vem a bonança... sejamos pacientes meus caros (as)... Naveguem muito, que o mar é uma caixinha de surpresas por revelar!!!!

Anónimo disse...

Ya, que surpresas terá essa caixinha...... iololol

Anónimo disse...

Empresários de sucesso toda a gente os conhece!!!
Um deles é quase dono de Viana. Há uns anos atrás colocou um processo em tribunal à Câmara e agora é a pessoa mais importante do Concelho . Começou por dar serventia de pedreiro e hoje é um grande empresário.
Comunistas????? (brutos carros, casas, vivendas, quintas, fora o que há escondido )
Oportunistas!!!!!
O outro já foi A.C. e agora empresário imobiliário e não só..... Fácil de adivinhar
Só nã vê quem tem falta de vista:

Anónimo disse...

Os empresários de que falas, todos os conhecemos, assim como conhecemos os percursos de cada um, sempre encostados ao Poder mas quando o PS ganhou a Câmara para onde foram eles lembram-se? a memória não pode ser curta.
Depois quando os comunistas ganharam a Câmara aproximaram-se e começaram a " mamar" mas alguem viu o filme e talvez nessa altura o presidente ainda ouvia o Partido e foi colocado um travão, um deles até em tribunal colocou a Câmara, outro foi à vida dele. Agora viram o desnorte em que as coisas estão voltaram para aproveitarem mais algum, não a pensar no povo mas a pensarem neles..... nós conhecemos bem estes percursos e devemos estar atentos.......

Anónimo disse...

Foi desta forma que o Sr. Presidente da Câmara informou os funcionários da Câmara da saída do Sr. Diamantino Dias como seu assessor.

Esta até poderia ser uma questão banal, ou seja, a saída de um assessor para provavelmente ser substituído por outro. A ver vamos. No entanto, há uma questão que deve ser colocada (muitas vezes colocada mas sem resposta): Afinal qual foi o papel desempenhado pelo Sr. Diamantino Dias em prol do desenvolvimento do concelho de Viana do Alentejo? Quais os resultados do seu trabalho na Câmara Municipal de Viana do Alentejo?

Afinal qual foi o papel desta assessoria? Trabalhar em prol da Câmara ou em prol da CDU?

Isto coloca-nos várias questões:

1) Será que uma Câmara como a de Viana do Alentejo se pode dar ao luxo de pagar um ordenado chorudo (80% do vencimento do Presidente da Câmara) para ter assessorias?

2) Será que o discurso do Sr. Presidente da Câmara quando fala dos sucessivos cortes orçamentais não é uma verdadeira contradição, nomeadamente quando se insiste em pagar estas verbas avultadas para com um assessor?

3) Será que em época de contenção orçamental (na Câmara) não se deveria ter começado por aí, em vez de se reduzir os apoios às associações do concelho?

4) Será que em época de redução de custos não se deveria cortar nas despesas (do próprio gabinete – entenda-se também as verbas para com a assessoria) em vez de se começar com o corte das horas extraordinárias dos funcionários da câmara?

5) Será que as centenas de milhares de euros, sim, centenas de milhares de euros gastos com uma assessoria, não daria para fazer muitas obras que fazem falta ao concelho de Viana do Alentejo?

Felizmente, ao fim de 14 anos e meio, a Câmara Municipal de Viana do Alentejo começou a deixar de ter aquilo que o Sr. Presidente gosta de apelidar aos outros (nomeadamente ao PS e PSD) os seus Boys para respectivos Jobs.

António Costa da Silva

in: http://alcacovas.blogs.sapo.pt/602330.html#comentarios

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.